Valentine's DayO Valentine’s Day ou Dia dos Namorados é comemorado no dia 14 de fevereiro em muitos países, e no dia 12 de junho no Brasil, um dia antes do Dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro.

O conceito da origem do Valentine’s Day é muito mais profundo do que só trocar presentes entre os casais. Celebrada em muitos países, a história da comemoração é cercada de lendas, como a do bispo Valentim, que enfrentou as determinações do imperador Romano Claudio II.

No fim da Idade Média, Claudio acreditava que os melhores combatentes lutavam melhor se fossem solteiros e não tivessem vínculo familiar. Contrário a esse pensamento e burlando o anúncio oficial, Valentim continuou realizando casamentos em segredo, mas acabou sendo descoberto e foi preso e condenado à morte. Na prisão, o bispo recebia bilhetes e flores de pessoas (especialmente mulheres) que diziam acreditar na força e no poder de transformação do amor. Ainda preso, o bispo se apaixonou por uma jovem cega e, antes da execução, deixou um bilhete escrito “De seu namorado”, declarando seu amor por ela.

Dizem que a moça voltou a enxergar e esse milagre foi determinante para a sua canonização. Valentim foi executado no dia 14 de fevereiro, e por isso a data passou a ser uma oportunidade de renovar os votos não só de amor, como também de amizade, admiração e companheirismo pelos amigos, parentes e todas as pessoas do convívio por quem se queira demonstrar afeição ou homenagem. As comemorações do dia de São Valentim propõem, além do cartão, que ele venha acompanhado de presentes, como flores e chocolate.

Além dos tradicionais buquês de flores (que agradam a maioria das mulheres), os bombons são ótimas opções de presentes. Uma boa dica é comprar um lindo buquê e comprar um vinho ou uma caixa de bombom para acompanhá-lo, juntamente com um indispensável cartão.

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário!